Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EROS DORME

Nem as aves gorjeiam mais. A flor
Perdeu o seu encanto. Oh! que tristeza!
Acorde EROS, a Terra está indefesa,
Estão tramando o epílogo do amor!

E EROS dorme! Num berço de grandeza
Sobre almofadas brancas, de valor,
Com miçangas, paetês, num berço-andor,
Com fitas cor-de-rosa... uma beleza!

EROS, há muitas brigas, discussões;
Os casais não se entendem, ilusões
Tomaram para si a realidade.

Acabou o lirismo do romance,
Hoje está diferente, em outro lance,
Ninguém entende nem o que é saudade!!
Lucan
Enviado por Lucan em 22/10/2006
Código do texto: T270425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86952 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:44)
Lucan