Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus versos

Deixo que falem meus poucos versos
mesmo que hoje pareça quimera,
de um tempo da longa espera
onde os sonhos ficaram imersos...
 
E eram tantos, soltos, dispersos,
que, ainda agora, o pensamento verbera,
como faz a rosa na primavera
que dá beleza a todo o universo...
 
Que então possam dizer em bom som
da forma mais forte e altiva
contando de toda a inspiração
 
que, acontece como pequeno dom
fazendo-me ainda mais viva
até que não bata mais este coração
Lara
Enviado por Lara em 24/10/2006
Código do texto: T271966
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lara
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
113 textos (9672 leituras)
3 e-livros (253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:15)
Lara