Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXÉQUIAS AO POETA E AMIGO! Homenagem a todos os que sofrem!

Sua casa tinha algo de estranho!
Não se sentia bem nesse ambiente
Vivia em solidão sempre freqüente
Nem ao menos cantar, podia, ao banho!

Em tudo que pensava era frustrado
Os bons amigos, que os tinha poucos,
Poetas, seresteiros, quase loucos
Que aos sábados o faziam embriagado!...

Andava triste, sem objetivo
Vivia como vive um morto-vivo
Sem amores, sem sonhos, sem alegria

Até que, naquela manhã chuvosa,
Nossa mãe terra fria, mas chorosa
Bem acolheu sua alma que partia!!!
Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 24/10/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T272426

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:11)
Ricardo De Benedictis