Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

II

Brilhai estrela dessa manhã cinzenta
Num céu inflamado dos sonhos que ardem
Estrelas rubras que aos seus beijos caem
As aventuras que o Amor inventa

Iluminai esta alma tão preta
Nos meus sentimentos que se esvaem
Uns pecados que dessa boca saem
Palavras em um tom mais violeta

Abraçados, presos no céu Infinito
Num doce destino tão mais incerto
A voar sem asas em teus afagos

E morrer banhado nesses teus lagos
Dos teus olhos, com um brilho cristal
Nossos corações presos com metal
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 25/10/2006
Código do texto: T272933

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
799 textos (255467 leituras)
6 áudios (1607 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:04)
Fabio Melo