Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia a dia eu espero a última tarde
Que me liberte da noite que me trás você
Suspirando vou nas horas
Do teu amor que enclausurou-me o ser.

É dor o riso com sabor de absinto
Que embriaga a alma e lhe trás pertinho
E vejo um turvo e claro firmamento
Por tua batalha de me afastar do pensamento!

Meus olhos vê o sol em tua imagem
Queimando-me o desejo sem juízo
Onde adormeço sob o mármore imortal
Aguardando teu doce beijo para meu final sucumbidol!

No céu relampeando, trovões gritando
Meus olhos firmes, luzentes te aguardando
Do antigo pensamento armado o desejo em fim sepultado, 
Pela indiferença do amado querido!

Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 28/10/2006
Reeditado em 25/05/2010
Código do texto: T275988
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.

Áudio
Soneto da Indiferença - Mone TCarmo
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2862 textos (287294 leituras)
56 áudios (8739 audições)
4 e-livros (918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:11)
Mone TCarmo