Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ABORTADO.

Manoel Lúcio de Medeiros.


Volto o pensamento ao passado,
Rompo as barreiras deste tempo,
Um amor que outrora abortado,
Hoje na lembrança, é passatempo.

Como desejei te dar amor,
Enriquecer-te a “fonte do carinho”,
Como um pássaro que busca a flor,
Busquei neste teu corpo o meu ninho!

Trocaste o meu amor por aventura,
Pela loucura de um vil companheiro,
Que não se encheu de amor, mas de cachaça!

Cavaste tua própria sepultura,
Trocando o meu amor pelo dinheiro,
Vivendo o sofrimento da desgraça!


Direitos autorais reservados.
Malume
Enviado por Malume em 01/11/2006
Código do texto: T279022
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:26)
Malume