Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anemofilia

Sozinho, sentado a beira do desalento
Como planta infértil e amiga do pranto
Abatido, desiludido, mas crente no entanto
De um adia por fim ao meu sofrimento

Por vezes congeminei este momento
Num sopro de vento, viestes por encanto
Atento, contente entoei meu canto
No teu sorriso encontrei contentamento

Eliminei a tristeza sem penar
Que no meu peito pulsava em lama
Oferecestes teu porto seguro

Fizeste-me homem na tua cama
Polinizastes sentimento puro
Semeando a certeza d´eu te amar
IVAN CARVALHO
Enviado por IVAN CARVALHO em 05/11/2006
Código do texto: T283034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
IVAN CARVALHO
Belém - Pará - Brasil, 51 anos
49 textos (4187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:07)