Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇõES QUE CHORAM

Despedaçados, lamentando noites inquietantes.
Sob o luar.Corpos estremecidos...
Cenas constantes
de jovens caídos.

Corações que choram...
Almas tristonhas, sombrias...
A dor toma o lugar onde moram ,
como uma cúpula negra que os corpos cobria.

Almas abismadas em mistério
São aqueles que partem...Deichando amigos
_____________[plangentes...
Sob o corpo frio e funério.

...Agora é tarde para despertar...
Prantos e gemidos que aos poucos morrem...
A vida é efêmera?! Preciso amar...
André Conteur
Enviado por André Conteur em 07/11/2006
Reeditado em 16/03/2007
Código do texto: T284582
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Conteur
Três Lagoas - Mato Grosso do Sul - Brasil, 26 anos
29 textos (1203 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:19)
André Conteur