Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUSCA


Ela passava ao longe e eu busquei alcançá-la,
era jovem e quis, de mim, seguir-lhe o culto.
Seu corpo, a transluzir no vestido de opala,
ainda mais longe ia, entre aparente e oculto.

Ano após ano assim, eu lhe seguindo o vulto,
sem alcançá-la nunca ou desistir jamais.
Passa o tempo, envelheço, hoje, meu filho adulto
vem comigo a buscá-la, ele adiante, eu atrás.

O desejo de a ter por nossa, incita a escala
ao cimo da montanha e o descambar na vala,
eleva aos céus e torna ao mais fundo da gruna...

Qual simples ilusão ou esperança fugaz,
vamos no seu encalço e sempre mais e mais
ela foge e se ausenta - a impossível FORTUNA...

                                      29.09.79.
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 09/11/2006
Código do texto: T286718

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19612 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:34)
João Justiniano