Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luiza

Procuro palavras, busco definições...
Como é difícil te definir,
minha menina.
És sinônimo de confusões.

Sempre tão brava, preocupada.
Trazes nos ombros a preocupação,
com tudo e todos.
Que carga carregas!
Trazes na boca o mel e o fel.
Sofres mais do que te alegras...

És linda, mas não te sabes assim,
És sensível, mas insistes na crueza,
És inteligente e só agora te vejo descobrir ser.
Que surpresa!
Até poesia escreves...

Amas intensamente,
Odeias veementemente,
Manipulas aos outros e a ti mesma...
Menina – problema!

Tão querida, tão amada,
Tão sofrida, por não crer.
Tão Bruna, tão Luiza,
Tanta luz que não percebes ser.


Fernanda Maria
Enviado por Fernanda Maria em 11/11/2006
Código do texto: T288040
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
92 textos (6748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:14)
Fernanda Maria