Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O HOMEM DE HONRA.

De. Manoel Lúcio de Medeiros.
Fortaleza, 12/11/2006.



A honra de um homem não se mede,
Nem com um esquadro ou com um compasso,
Como todo clube tem sua sede,
O homem honrado mede o seu passo!

A honra de um homem é uma força,
Que na mulher conquista o coração,
Sua moral não há ninguém que torça,
Um homem respeitado é um avião!

O homem que tem honra não se entrega,
Ao despudor e falta de vergonha,
O seu dever o cumpre e não sonega,

Nem leva a sua boca à maconha.
Nem vai beber a porta da bodega,
O homem que tem honra ainda se sonha!


Direitos autorais reservados.






Malume
Enviado por Malume em 12/11/2006
Código do texto: T289037
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:48)
Malume