Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor é poesia

Desse amor como poesia que nem mais rezo...
Efêmero verso que não se fixa no pensamento
Desse amor como poesia que só ao poeta faz sentido
E que ninguém o lê por não ser possível o sentimento!

Desse amor como poesia que só existe em brancas folhas
Agora rabiscadas pelo sentir que te emprego
E não confesso a ti e não confesso a mim
E mesmo ao escrever-te, nego!

Mas eis que me entrego agora em branca folha
E é possível de se ler o sentimento louco
Pare a caneta, que não o confesso por escolha!

De ver assim... amor entregue e tu fazes tão pouco
Que para leres meu amor nessa branca folha
Já te asseguro que não te gosto e te deixo da resposta solto!
dhália
Enviado por dhália em 12/11/2006
Código do texto: T289474
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:12)
dhália