Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folha maculada

Uma folha em branco,
um lápis, uma caneta, algo que risque,
que rabisque, que rascunhe,
que cunhe na brancura da folha,
idéias, sentimentos, vontades.

Anseios que pulam para o papel,
num frenesi louco...
Palavras há tanto reprimidas,
como reprimidos foram os sentimentos,
agora rebelam-se,
não pedem, exigem passagem.

E a folha antes branca, imaculada,
perde a alvura, ganha máculas.
É brindada com histórias,
deixa de ser estéril...
Ganha vida!
Fernanda Maria
Enviado por Fernanda Maria em 12/11/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T289727
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
92 textos (6748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:09)
Fernanda Maria