Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto V ( Por quê?)

Por qual motivo estou sendo ferida?
Minha visão está nublada, limitada.
Parece até que a terra,  revalida,
A todo  instante, tudo, impede a ida

Ao encontro de mim e, nessa  lida
Estou presa e, não encontro tal jazida.
E em ritmo lento,  vou, desvalida
Desse espaço com a alegria  advinda

Do  esforço...Surge da cinza remexida
A linha temporal tudo elucida,
Coloca nos is pingos que liquida

Conta obtida através de estremecidas
Querelas, fazendo assim sua despedida.
Satisfeita? Não sei... Mas...Aturdida....


MVA
Enviado por MVA em 15/11/2006
Reeditado em 13/07/2011
Código do texto: T291611
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o meu nome e meu site: www.marlenevieiraaragao.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1922 textos (190968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:49)

Site do Escritor