Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jurerê

Livre e solta a sorrir, maravilhosa,
Você dança e você canta e você
Samba, faz levantar poeira e posa
Semi-nua ao sol de Jurerê.

Nem me olha, dá risada e faz-me glosa,
Segue o chorinho da viola e crê
Que tudo nesta vida é cor-de-rosa,
Que todo amor do mundo tem porquê.

O zigue-zague dos seus pés na areia
Todo homem desta praia quer e anseia,
Por você beberia água com sal...

Ó catarina! Você é mais bonita
Que ver o sal nascer, mas nem suspeita,
E é isso que a faz tão especial...
Cirilo
Enviado por Cirilo em 15/11/2006
Reeditado em 12/04/2009
Código do texto: T292223
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cirilo
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
136 textos (7396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:02)
Cirilo