Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNO RECOMEÇO

No limiar da sanidade
No limite da melancolia
Flertando com o desamor...
 
Não quero morrer,
Fenecer em vida...
Mesmo me relacionando intimamente com a dor
Quero namorar a vida
 
Na solidão absoluta,
da negritude da noite...
No medo do desconhecido,
na insônia reflexiva...
busco me encontrar.
 
Me encontro com o  dia,
sua luz me irradia
me dando novo alento.
 
Nova semana começa,
não busco colo... só a promessa
de um continuo recomeçar...
 
E mais uma vez recomeço...
enxotando a melancolia,
flertando agora com a alegria
esperando o medo passar.
Fernanda Maria
Enviado por Fernanda Maria em 15/11/2006
Código do texto: T292296
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
92 textos (6748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:23)
Fernanda Maria