Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Qual dom genial te hás bem seleto?


Qual dom genial te hás bem seleto?
Que partilh’à natura conferiu
Par’o teu lábio mudo e etern’afeto
Assentar em meu peit’ess’alto brio?

De qual orb’esse brilho teu partiu?
Como fisseste ser o meu dileto
ess’amor, da su’alma, ond’existiu
paixão que me acertasse o amor direto?

Como roubaste à estrela do querer,
à alma sensível que compõe essa sina,
e os olhos, e a terra, e o mais ledo céu?

Com’ous’encantar-me a favos de mel
e não conter tu’alma peregrina
da minha fraqueza, à glóri’em viver?
Aprendiz
Enviado por Aprendiz em 16/11/2006
Código do texto: T292522
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
40 textos (1470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:08)
Aprendiz