Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINH'ALMA

Minh’alma está cansada de viver,
De arrebentar-se no rochedo hostil
Que se chama destino e tem poder
De transformar em gênio um imbecil.

É luta contra o nada e nada ver,
É tentar o impossível, ser servil
Sem ter senhor. Sentir sangue escorrer
Onde nem sangue existe. Eis meu perfil!

Não sei se faço nem o quê que faço,
Meu coração perdeu um bom pedaço
E eu perco os meus amigos de verdade.

Minh’alma está cansada, é quase o fim,
Tudo está na verdade contra mim...
Minh’alma espera apenas liberdade!
Lucan
Enviado por Lucan em 17/11/2006
Código do texto: T293791
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:07)
Lucan