Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O rubro, a vaidade, e o primeiro pleito

O rubro, a vaidade, e o primeiro pleito
a primazia da bel’esperança
desvanece a dor,  a que vera lembrança
e o amor florescem por este sujeito;

aquele cristalino e doce jeito,
qu’ em mim fortific’a simples criança
a bela pureza e toda bonança
qu’ outrora prendera  o amor neste peito;

sinto que amar, no entanto, deveria.
Como ser digno a sua formosura,
que a sina floresce a noite no dia,

canto, como cantou-me, essa pura
e fielmente nota que valia
como caminho e com’uma ventura.
Aprendiz
Enviado por Aprendiz em 17/11/2006
Código do texto: T294136
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
40 textos (1470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:21)
Aprendiz