Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BEIJO



(para Beatriz Guimarães)



No amplo largo da janela,
De corpo dorido e cansado,
Inda o sol assim meio acordado,
Rio passante como aguarela,

Que corre com água tão bela
Como se fora quadro pintado
Por artista, ou poeta apaixonado,
Lembro este que é o sorriso dela,

Lábios róseos como carmesim,
No castanho de pele adornados,
Frutos gémeos de um jardim.

Ai, quem dera, tê-los aqui,
Doces carícias, beijos salgados,
E assim morrer, vivendo em ti.



Jorge Humberto
(02:22/Abril/23/03
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 20/11/2006
Código do texto: T296467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66675 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:58)
Jorge Humberto