Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TRISTEZA E A ALEGRIA



A tristeza vendo a alegria em gargalhadas
Perguntou-lhe: Qual o motivo da desfeita?
Eu cá vivo o me esforçar na minha empreita
Pra amargar a face de alguém, tu das risadas...


Eu, disse a alegria, estou no meu serviço,
Não me importo se tu estás ou não por perto,
Não me preocupo contigo, eu estou certa
Que o melhor mesmo é viver sem compromisso..

Bem sei que te importas demais, até comigo:
Procuras me insultar também, não digo nada,
Não vês que não estou nem aí, não sei, não ligo?

Se fosses como eu na tua empreitada,
Posso até te garantir, minha doce amiga,
Que te acabarias também numa risada.

Geraldo Altoé
Geraldo Altoé
Enviado por Geraldo Altoé em 20/11/2006
Código do texto: T296748
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geraldo Altoé
Serra - Espírito Santo - Brasil, 60 anos
745 textos (17656 leituras)
1 áudios (12 audições)
2 e-livros (162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:28)
Geraldo Altoé

Site do Escritor