Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESGRAÇA DO HOMEM

E o homem caminha,
Sem saber que está parado,
Caminha sempre á frente,
Ou pensa estar caminhando.
Pode alguém caminhar sem sair do lugar,
E achar que está progredindo?
Acaso está o homem em uma esteira?

O homem vive,
Sem saber que está morto,
Tem-se de vivo,
Ou pensa que vive.
Pode alguém viver de forma morta,
E ainda achar que vive?
Acaso é o homem,
Algum tipo de zumbi?

O homem ama,
Sem saber que está odiando.
Ama tanto que não entende,
Ou pensa que está amando.
Pode alguém amar contendo ódio em seu peito,
E achar que o amor está propagando?
Acaso é o homem um sábio,
Que aplica uma psicologia ainda desconhecida?

O homem está sofrendo,
Sem saber o quanto sofre.
Sorri das suas lutas,
E diz que está feliz por vencê-las.
Pode alguém dizer que está feliz,
Sendo que seu sofrimento é visto por todos?
Acaso é o homem algum néscio,
Que acha felicidade ao sofrer?

O homem está ficando tolo,
Sem   juízo,
Ou simplesmente fazendo vista grossa,
Á sua verdadeira desgraça,
Da qual alguns teimam
Em achar graça.
poetadosol
Enviado por poetadosol em 22/11/2006
Código do texto: T298380
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poetadosol
Tatuí - São Paulo - Brasil, 28 anos
84 textos (9430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:21)
poetadosol