Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Imortal

                          Para Priscila Adriano

Não quero ponderar o quão a amo
No amor que vislumbra o sentido
Aliás, se este amor bom e desmedido,
Receba atenção da moça que chamo.
 
O Amor! Delírio – Ardil conclamo.
Pois esse anseio é caminho perdido
Nasce no instante que a vi, ó cupido.
Minha princesa que tanto exclamo.

Não há equívoco ó poeta Enamorado
Mas cantarei de amor tão brevemente
No carinho, abraço e beijo apaixonado.

Após esse sentimento indócil e crente
Oscila entre a dor e o êxtase alucinado
Da senda feérica em noite, mormente.

                            HERR DOKTOR
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 23/11/2006
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T299271

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21375 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:50)
HERR DOKTOR