Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Beleza Rara

Menina que morena de rara beleza se fizera
Bela, em curvas, e sem ranhuras nascera,
Aparição ante a vida que não escolhera
Porque estais triste, diante do que passara?

Tem razão menina de que na vida não quisera
Assim viver, a persistência em te, se fará valer
Pois é brava de vontade és em tudo sincera
Não entendendo tardio que lhe sobreviera

Deixando amigos, parentes, a espera
Da boa vida que tanto e bem quisera
Despindo-se de ilusões que anuvia a alma

Tenta adquirir um pouco de calma
Para que na aventura do viver sombrio
Possa encontrar teu lar, teu abrigo.
Paulo Poeta
Enviado por Paulo Poeta em 25/11/2006
Reeditado em 29/11/2006
Código do texto: T300988
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Poeta
Goiana - Pernambuco - Brasil, 38 anos
73 textos (2821 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:48)
Paulo Poeta