Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                     NOTURNA....

NAS HORAS QUIETAS DA NOITE QUE DORME
CAMINHO SÓZINHA POR ENTRE RUAS,
BECOS E PRAÇAS... SOLIDÃO ENORME
DESFILO DIANTE DA FRIA LUA...

AH! QUISERA QUE A LUA TÃO DISTANTE,
CONTEMPLASSE ESTA DOR QUE DESATINA
E A TOCASSE MESMO UM INSTANTE...
AÍ TALVEZ MUDASSE MINHA SINA.

AH! SE A LUA CONTASSE DESTE AMOR
QUE EM MINHAS MÃOS SE ESVAI, ESFRIA,
QUEM SABE A NOITE CHORASSE DE DOR,

LAVANDO NO PRANTO TAMANHO AMARGOR...
ENTÃO,  A NOITE, CONSOLO TRARIA,
REFRIGÉRIO DARIA Á MINHA DOR...
Teca
Enviado por Teca em 25/11/2006
Código do texto: T301290

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122852 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:31)
Teca

Site do Escritor