Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Açucena-formosa

Estremeço pelo quanto me impressionas!
Por pensar em ti e no quanto me somas
Por seu sorriso alegre, contente viver!
Minh'alma surta de encanto e prazer!

Será que és capaz de me amar como penso?
O mesmo pra mim, de te amar como pensas?
E a possibilidade de um real desastre?
Vale o risco? é como viver um milagre

Com delicadeza, carinho, confesso
Que todos os dias ao te ver me avesso
Mas se o anoitecer me leva à lona

Tenho sempre o dia para vir à tona
Apreciar tua beleza porque és flor-de-lis
E ficar a fitar tuas cores...feliz
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 25/11/2006
Reeditado em 25/11/2006
Código do texto: T301328

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
185 textos (22110 leituras)
1 e-livros (43 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:06)
Cabeça de poeta