Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DO SONETO ( 2 )


São quatorze os versos:  prometo
Ser e ter que ser paciente
Para transformá-los soneto,
Sem ser mais um poeta doente.

O soneto é um ser clássico,
Filho único do destino,
Parece guardar nele um mágico,
E é um eterno menino.

Poucas palavras com sentido,
Aprimoram o preferido, 
Que se faz o extrato da arte.

Amigo, ele é a soma das partes,
E é música só por ser lido, 
No livro da vida é o encarte. 

                     *****
José Carlos De Gonzalez
Enviado por José Carlos De Gonzalez em 26/11/2006
Reeditado em 26/11/2006
Código do texto: T301568
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Carlos De Gonzalez
Itu - São Paulo - Brasil, 66 anos
556 textos (58834 leituras)
299 áudios (25418 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:32)
José Carlos De Gonzalez