Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arminda

Tão linda!
Olhos azuis, tão claros... quase transparentes.
Tão claros e transparentes quanto ela sempre foi.

Tão sábia!
Orgulhava-se de ao menos ter aprendido a desenhar o nome.
Seu saber não veio da escola... brotou da vida.

Tão metafórica!
Suas parábolas norteiam até hoje meu caminhar.
Grandes histórias... maravilhosa sabedoria popular.

Tão sofrida!
Labutou na lavoura, criou e perdeu filhos sozinha.
Há tanto tempo atrás... Marido, só para procriar.

Tão mulher!
Vaidosa, odiava pêlos... adorava cremes.
Escondia cicatrizes em blusas de meia manga.

Tão forte!
Ocultava as mágoas de uma vida inteira
Atrás de um sorriso constante.

Avó! Mãe com açúcar...
Colo, conselhos e acalento, sempre disponíveis.
Lembrança boa!Saudade que ainda hoje, tantas vezes dói.
Fernanda Maria
Enviado por Fernanda Maria em 27/11/2006
Reeditado em 28/11/2006
Código do texto: T303278
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
92 textos (6748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:08)
Fernanda Maria