Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Anjo

Quando meu corpo falecer,
Minh´alma não perece,- permanece acordada;
Continuo aqui, mesmo sem saber,
Vagando livre, junto ao nada,

Virei apenas memória, lembrança,
Disso, não há discórdia,
Vivi até o fim minha sentença,
E não pedi misericórdia,

Agora tenho asas, e continuo vagando,
Lá e cá, sempre acompanhando,
Quem em vida ou morte, permaneço amando,

Sou infinito! Sou "marmanjo"!
Eterno agora sou, não acredito:
O grande Deus fez-me anjo!

---

By Demolock¹³
Moller Hennz
Enviado por Moller Hennz em 29/11/2006
Código do texto: T304875

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do Autor, e link da obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moller Hennz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 25 anos
28 textos (1298 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:12)
Moller Hennz