Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amores Insanos (Dueto com a grande poetisa:Ledalge)


Ao beber da fonte da volúpia insana
Embriaguei-me nesse amor insolente
Perdi-me nos braços da sede profana
Mascarando meus vícios em sangue ardente!

Amei-te com força, com garra, com gana,
E enlouqueci-me nesse amor incoerente;
Nesse amor incontrolável (que me engana)
Jorrando prazeres amargos e quentes!

E nas asas do desejo, qual vadio
Pássaro, sedento pra morrer de amor,
Nos braços da noite penetro sem dor...

E em meu sonho sem cor me atiro ao vazio
Do Céu (“negra-morte”) do amor arredio
Cremando-me o corpo no insano calor!

Ciro Di Verbena/ Ledalge
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 30/11/2006
Reeditado em 27/12/2006
Código do texto: T305632
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
223 textos (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:36)
Ciro Di Verbena