Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saibas que te amo...

Queria ser a vida que respira a toa
Para perpetrar uma ilusão tão boa
Quanto à realidade que da mão escoa
Ter um coração que clama e ressoa

Saibas que te amo sem reservas
Ter a tua mão quem me dera
Poder desposar-te em hora certa
Tremer o mundo que em alerta

Pensa em se próprio num vão esforço
Que em quanto isso choro com remorso
Da vida que deixei passar dias antes

Que numa fração de poucos instantes
Resolvi questionar, indagar por ósculos
Dizendo em alto e bom som: TE AMO
Paulo Poeta
Enviado por Paulo Poeta em 30/11/2006
Código do texto: T305665
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Poeta
Goiana - Pernambuco - Brasil, 38 anos
73 textos (2821 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:41)
Paulo Poeta