Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto à Marcela

Anencéfala, luta como brava.
A vida não quer deixar,
Desfia para todos a sua fé,
Não é desvalida: quer amar!

Anencéfala, a todos  acalma
Sua vida não podem tirar
Profetizando que não vai viver.
Tem missão e quer tudo mostrar

Anencéfala  diz do leito: não abortar.
Deixem viver. Só Deus é que sabe
O prazo de vida que vai lhe dar

Anencéfala, nós  agradecemos a mensagem.
Mulher, mulher! Olhe essa coragem:
Mãe cuida da filha sem aparelhagem!


MVA
Enviado por MVA em 01/12/2006
Reeditado em 19/03/2017
Código do texto: T306644
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o meu nome e meu site: www.marlenevieiraaragao.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1956 textos (195321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:59)

Site do Escritor