Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DO MOMENTO TRISTE

SONETO DO MOMENTO TRISTE.







Quero morrer por ti
Se assim Deus  quiser
Ouve, ó amada mulher!
Nos teus braços partir.


Somente assim te permitirei
O último e derradeiro pranto
A derramares e, no entanto,
Amando-te, por certo, morrerei.



Lembrar-me-ás, todos os dias
Com saudades imorredouras
Nas tardes de inverno, frias.


Será pra mim merecedora
A tua lembrança ora em vias
Achar-me na morte consoladora.



                       Eráclito.


Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 02/12/2006
Código do texto: T307438
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 75 anos
889 textos (142202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:13)
Eráclito Alírio da silveira