Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO A KRACOR╔

Kracoré é bom menino
Kracoré é menino índio
Kracoré vive na cidade.
O sistema sua história vai suprimindo

Kracoré guarda cicatriz da maloca
Que ardeu na queimada da floresta
Kracoré quer voltar para oca
Tocar atabaque e fazer festa.

Kracoré canta alvedrio do viver
Mas na selva de asfalto chora:
Kracoré não sabe ler.

Indigente, Kracoré anda na contra-mão.
Mas se kracoré fosse a escola:
Sua vida tomava outro rumo e direção.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 01/08/2005
Reeditado em 13/09/2006
Cˇdigo do texto: T39394
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 07/12/16 22:36)
Antonio Virgilio Andrade