Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausente em teu pensar

Enfeitiçado pelo ser luzente
em forma de mulher, eu me prostrei
e te adorei, pois essa luz eu sei
que veio dominar a minha mente.

E, então, escravo deste amor, me vi
fazendo versos para te louvar,
cantando a graça deste teu olhar,
e à força deste olhar eu me rendi.

Mas, louco de paixão, porém ausente
em teu pensar, eu não me sinto teu,
me vejo só, tristonho, diferente.

Eu sinto, sim, que aquele ser luzente
evaporou-se, desapareceu,
e não te enxergo aqui, tão displicente.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 03/08/2005
Código do texto: T40013
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260268 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:56)
Paulo Camelo

Site do Escritor