Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE OU CIÚME?

Tua amizade? –Perdoa-  é quase ofensa,
a tanto amor que te devoto em grau supremo,
pois de ti, tenho em troca, imensa indiferença...
Amizade e amor. De um extremo a outro extremo!
     

Que desproposito! Que enorme diferença!
É que meu corpo ao ver teu corpo vibra e treme,
e se em tu!alma esta amizade se condensa,
ela em minh!alma se desmancha , chora e geme!

Portanto não quero este céu de noite escura!
Antes a dor desta verdade que se apura,
do que um fogo enganador de negro lume!


Não! Jamais de ti vou querer esta amizade!
Antes condenado a viver de uma saudade,
a morrer no braseiro infernal do ciúme!


            09.10.2005- 23.40
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 09/10/2005
Reeditado em 31/05/2011
Código do texto: T58259

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
493 textos (66321 leituras)
11 áudios (2996 audições)
1 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:45)
Nelson de Medeiros

Site do Escritor