Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrima traída


Cintilante, a lágrima passeia
tangendo a aflição da minha boca.
Sem dar ouvidos à minha voz rouca,
cai, sepultando a dor por sob areia.

Meu coração de pronto titubeia;
chora, em seu infarto de paixão,
mais uma lágrima que cai no chão
regando a dor que vai servir de ceia.

Olho pro nada com o olhar contrito!
Lábios cerrados a engolir o grito,
que a saudade em mim emudeceu...

E vejo a sua boca de partida,
levando o beijo que por toda a vida
acreditara que só fora meu.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 11/10/2005
Código do texto: T58864
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57851 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:22)
Herculano Alencar

Site do Escritor