Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

És bela mesmo assim

E pelo modo esdrúxulo de ser
indiferente nas ocasiões
mais delicadas, pude ver razões
em todas as desculpas. Pude ver

que o céu não é tão claro como quer
aparecer no teu painel; que a luz
não ilumina tudo e se reduz
a simples ponto. Tudo que vier

a ser pintado em volta dessa tela
eu vou apreciar. Não há por que
ser diferente, e eu não pretendo ser.

Talvez não possas perceber que és bela
em teu painel sem luz. Tu não vais crer.
Não sei nem mesmo se vais entender.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 16/10/2005
Código do texto: T60192
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260245 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:21)
Paulo Camelo

Site do Escritor