Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ano findo


Cerzi meus versos de final de ano,
como farrapos dos meus madrigais.
Versos puídos... de tão usuais,
que quase os deixei no abandono.

Colhi retalhos dos meus recitais,
fiapos de emoção alinhavados,
versos mambembes e dissimulados,
a mendigar o brilho dos cristais.

E ao vê-los finalmente acabados,
não contive tamanha emoção;
Vi um retrato do meu coração
como jamais houvera imaginado:

Eram pedaços de amor pintados
co'a tinta fresca da minha paixão.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 17/10/2005
Código do texto: T60582
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1332 textos (57750 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3192 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:43)
Herculano Alencar

Site do Escritor