Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Briga de poetas

 
Poetas digladiam emoções
com seus punhais de versos laminados;
E bebem todo o sangue derramado,
como Bocage a cotejar Camões.

Poetas não infartam corações
por conta de mesquinhas desavenças,
pois eles vivem do que o outro pensa
que são de si suas contradições.

Quando um poeta fere outro poeta,
a dor do outro é sua dor secreta,
que já não cabe no seu coração...

e vai doendo como poesia,
na busca louca da analgesia,
que só o outro tem compreensão.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 21/10/2005
Código do texto: T61878
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57796 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:05)
Herculano Alencar

Site do Escritor