Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RENASCER DO NADA





Eu não, eu nunca perco o controle,
Pois minha vida só a mim diz respeito,
E, por mais que nos outros extrapole,
Mantenho minha diferença e conceito.

Uma face, duas faces e sigo adiante;
Meus amigos de agora e de outrora,
Têm-me como extremamente cativante,
Quando lhes falo de uma nova aurora.

Mas eu não, nunca perco o controle,
Nem dos meus passos nem do meu
Querer, mesmo que doutros fosse a prole.

Só a maldita droga se veio aqui imiscuir,
Trazendo a desgraça e o rol tão seu,
Que quase, quase me fizeram desistir.

Jorge Humberto
20/08/07
 
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 23/08/2007
Código do texto: T620405
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67030 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 04:53)
Jorge Humberto