Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Choro

Qual a liturgia que procuro?
Que cenarios e atores frios
Procedem de dentro dos rios
Do meu abismo, intelécto obscuro

Que língua ouço agora...
Flamejar contra meus ouvidos
Maculando os tempos (não idos)
Quem dera fosse já , o albor da aurora

Este sonho que mantenho escondido
De um não-viver , ainda vivido
É o que faz planger o peito agora

Não fosse do sangue que me escorre ao rosto
Sentiria eu outro (des)gosto
Tão amargo, daquele que chora.
Moisés Lopes
Enviado por Moisés Lopes em 24/08/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T621463

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moisés Lopes
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
297 textos (12854 leituras)
2 áudios (133 audições)
1 e-livros (69 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:04)
Moisés Lopes