Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESCURIDÃO E O MEDO SÃO VERBOS PERFEITOS



A fúria dos ventos negros
Às vezes invade a sua vida
Ferindo-lhe de repente o peito
Deixando-lhe grande vazio.

Verdade! São ventos passageiros
Apagando-lhe dos lábios o sorriso
Avisando-lhe que a dor é traiçoeira
Dizendo-lhe! Olhe as estrela ainda brilha.

Quando isso acontece! Tudo é tristeza
A escuridão! O medo são verbos perfeitos!
Conjugados no presente e sem beleza.

A voz do consciente aconselha-lhe!
A meditar, a sorrir e caminha outra vez...
A olhar o mundo com fé e leveza.

Luizpoetista
Inspirado de um acidente com um amigo,
Aonde, a morte chega e só; resta a dor.
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 24/08/2007
Código do texto: T621531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1423 textos (105465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 09:56)
luizpoetista