Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARKINSON II

Ainda espero,ver um novo dia, diferente dos de agora.
Nesse dia, não haverá tempo, nem hora...
Meu ser, apanhará tulipas, sem rigidez,
Com agilidade e muita rapidez.


Não mais haverá, esta doença,
Que m´impede, de rosas colher...
E também de vo-las, oferecer...
Pois, no meu pó, agora há esta sentença.



Mas oh Parkinson, minha dor!
E também, minha amiga!
E ainda meu amor...


Nesse dia, cantaremos, os dois,
Uma nova cantiga...
Enquanto, ovelhas, pastoreemos, pois!!

HELDER DUARTE

HELDER DUARTE
Enviado por HELDER DUARTE em 25/08/2007
Código do texto: T622967

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HELDER DUARTE
Portugal, 54 anos
178 textos (7930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:13)
HELDER DUARTE