Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CICATRIZ - ( com Marcos V.M. Loures)

                         
É sempre assim no beijo derradeiro
Um gosto de saudade e de lembrança
O abraço não é completo é meio inteiro
E a carícia agora é esperança...

É sempre assim na hora da partida
Aquela angústia grande bolorenta
E um gemido, um choro, uma ferida
Tornando àquela face poeirenta...

O beijo tatuado em minha boca,
Sabor inesquecível permanece;
Entranha dentro da alma e ali se aloca,
Louvado eternamente qual em prece.

Tais lábios que fizeram-me feliz,
Os levo como fosse cicatriz...
Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 26/08/2007
Código do texto: T625107

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (75401 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:31)
Gonçalves Reis