Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O dia...


No vai-e-vem da onda, por que ela
A velejar, se só o mar é o dono
Desse estar e do que me abandono
À alma dos rochedos na janela.

 
Vai o dia como um corpo diferente
Sombreando o espírito do horizonte
Como eu chego nele como ponte
A levar-lhe para um outro continente?

 
As gaivotas nas espumas em redemoinhos.
Abandonam-se aos sonhos nesses ninhos
Para as noites que lhes venham a buscar.

 
E os afagos do mar com a  ventania
De mim fogem como foge o sol do dia
Da janela que está a se fechar.

14.08.2007

 

Eliane Triska
Enviado por Eliane Triska em 28/08/2007
Código do texto: T628280
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Eliane Triska
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 64 anos
256 textos (19066 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 04:53)
Eliane Triska

Site do Escritor