Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Amor

Do Amor   (1976)


Eu não sei o que me acontece,
Que me aperta contra o peito,
Que me arrasta contrafeito,
E que depois adormece.

E eu não durmo direito,
Aturo a tortura que cresce,
Arde e queima no duro leito,
E que depois amanhece.

E, eu não sei, nessas horas,
O que me arruina e me adora,
E que depois adormece.

Que adoece um coração duro,
No canto de um quarto escuro,
E que depois amanhece
Zeca Devebec
Enviado por Zeca Devebec em 29/08/2007
Código do texto: T628746

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zeca Devebec
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (4920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:07)