Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECUSA

Não rias quando digo que te amo,
Que é só teu o meu pobre coração.
Se eu choro, entristeço ou reclamo
É porque negas um pouco de paixão.

Não zangues quando te peço emoção,
Quando às vezes me irrito e inflamo.
É belo ouvir alguém dizer: Eu te amo.
É feio deixar alguém triste na solidão.

Não recuses o meu amor tão sincero
Nem fujas quando digo que te quero
Mesmo ausente da sonhada felicidade!

A vida não se resume em luxo e riqueza.
Um dia, certamente, verás com clareza
O quanto dói a dor de uma saudade.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 29/08/2007
Código do texto: T628782

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1148 textos (33650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:47)
Carlos Melgaço