Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"ENJAMBEMENT de SAUDADE"

Saudade é uma lembrança, ingrata
Me judia, me castiga e me maltrata
Me consome, em dose homeopata
E resgata o som de triste melodia

Na escuridão da noite a lua envia
Seu tênue lume, que me extasia
Em seu pulsar que ora se erradia
Como canção de uma serenata

De letra tosca, deveras abstrata
Vem na tristeza, quase imediata
Despertar o sol e o raiar do dia

Dum pesadelo, da noite sombria
Do não te ter, como tanto queria
Que me judia, castiga e maltrata...



                                   (*) Enjambement: “Processo poético de pôr
                                    no verso seguinte uma ou mais palavras
                                    que completam o sentido do verso anterior.
                                    Há várias palavras portuguesas - todas,
                                    entretanto, de emprego restrito - para
                                    substituir esse termo francês: cavalgamen-
                                    to, encavalgamento, encadeamento, en-
                                    samblamento, transbordamento, quebra de
                                    verso, terminação falsa". (cfe. Dic. Aurélio)
                                    =====================                    
Lobo da Madrugada
Enviado por Lobo da Madrugada em 30/08/2007
Código do texto: T631367

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo da Madrugada
Curitiba - Paraná - Brasil
763 textos (332716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 08:59)
Lobo da Madrugada