Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO ÉS E NEM FOSTE...



Sabe... Não te sinto como alma;  não tens vida.
Talvez nem sombra sejas; pouco mais que o nada...
Sabe... A tua ausência é uma dor nunca sofrida,
 flor que já nasceu qual rosa despetalada...                  

Jamais tu foste lembrada... Nem na partida.
Talvez nem  tenha te notado na jornada...
E se acaso nela entraste não vi tua saída,
já que em verdade nem senti tua chegada...

Não és e nem serás lembrança e nem saudade,
porque não és de ninguém, não és de verdade...
És tão somente um projeto em movimento!

Pois desprovida ainda de princípios e tino,
teu fado é rolar nesta vida sem destino,
como folha de jornal ao sabor do vento!

Musica de fundo:
Sombras- A. Lara
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 02/09/2007
Reeditado em 19/06/2011
Código do texto: T635662

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
496 textos (68955 leituras)
11 áudios (3031 audições)
1 e-livros (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 11:17)
Nelson de Medeiros